O que aprendemos na disciplina de Proteção ao Meio Ambiente

livros

 

No meu trabalho de formação acadêmica dos futuros profissionais de diversos campos do saber, preciso me certificar que meus alunos tenham grande quantidade e qualidade de conhecimento sobre o meio ambiente, para que o foco das suas ações no mercado de trabalho seja a sustentabilidade. Pensando nisso, eu, Hiram Sartori, juntamente com os colegas Josevan Ursine Fudoli e Pedro Sergio Zuchi criamos uma disciplina, administrada pela PUC Minas,  que dá base ao conhecimento ecológico e conscientiza das ações que danificam o meio ambiente.

A disciplina em questão é Proteção ao Meio Ambiente e que foi dividida em duas partes para fins didáticos. Na primeira parte conceituamos meio ambiente e definimos o que é meio ambiente do trabalho. Para que o aluno entenda as políticas públicas e os parâmetros que elas devem alcançar, introduzimos também quais são os órgãos e entidades de apoio técnico e legal na área, como funciona a Política Nacional do Meio Ambiente e o Licenciamento Ambiental. Essas informações servem de referência para o aluno se situar no cenário nacional atual.

Estudamos também a degradação ambiental e a escassez de recursos vitais e mudanças ambientais. A conscientização e a busca por soluções novas e criativas vem da pesquisa dos grandes problemas ambientais atuais. Em seguida definimos o que é desenvolvimento sustentável e os acordos de proteção ao meio ambiente. É importante também lecionarmos sobre a remediação de solos, biodiversidade biológica, a mudança climática, os gases do efeito estufa e o licenciamento ambiental.

A parte II é igualmente importante para a formação do estudante. Aqui apresentamos noções de legislação ambiental. Mostramos Leis que marcaram a história nacional do meio ambiente, como a Ação Civil Pública de 1985, a Área de Proteção Ambiental, de 1981. Mostramos a definição por lei de crimes ambientais. O conhecimento da legislação dá suporte para que o profissional haja dentro da legalidade e alcance os parâmetros de qualidade exigidos pelas autoridades. Dentro desse cenário, estudamos também, acidentes ambientais e a poluição no meio ambiente de trabalho. É importante que o aluno dessa disciplina também conheça os principais dispositivos legais, como o CF, CLT, Leis, Decretos, Resoluções CONAMA. A Política Nacional de resíduos Sólidos de 2010 se destaca no nosso currículo.

Ao fim da disciplina o aluno será capaz de identificar as relações entre o trabalho e as políticas de meio ambiente, de extrema importância para a atuação de qualquer profissional em qualquer área de conhecimento. Além disso ele estará capacitado para conceituar, explicar, descrever e agir em relação a degradação ambiental, aos processos de mudança climática e as etapas da prevenção do meio ambiente.

Hiram Sartori

Hiram Sartori é Doutor em Engenharia Civil, área de Hidráulica e Saneamento, e ênfase em Resíduos Sólidos, pelo Departamento de Hidráulica e Saneamento da USP(1998), Mestre em Saneamento, Meio Ambiente e Recursos Hídricos pela Universidade Federal de Minas Gerais (1995), Graduado em Engenharia Civil pela Escola de Engenharia da UFMG (1984). Tem experiência em Engenharia Civil, atuando com ênfase em Saneamento e Meio Ambiente, principalmente nas áreas de gestão e gerenciamento de resíduos sólidos, capacitação e treinamento em gerenciamento de resíduos sólidos, administração universitária.

Você pode gostar...

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: