Projeto Rondon

Em Julho de 2011, em Bonfinópolis de Minas, foi realizada a primeira edição do projeto Rondon Minas Resíduos. Tal projeto está inserido nas ações de extensão desenvolvidas pela Pontifícia Universidade Católica de Minas Gerais (PUC Minas), ações estas que existem desde meados de 2005 e têm como intuito compreender e promover intervenções de cunho social em municípios de baixo Índice de Desenvolvimento Humano (IDH) em Minas Gerais.

O Rondon Minas Resíduos foi concebido para contribuir com o desenvolvimento pessoal e profissional de discentes e docentes, tornando possível o intercâmbio entre diversas realidades e a percepção de contextos sociais deveras distintos entre si. Os projetos de extensão da PUC Minas são, portanto, uma forma de buscar a troca de informações entre a sociedade e a Universidade, visando integrar o corpo acadêmico a outros segmentos sociais e, assim, promover uma expansão do conhecimento e a inclusão social.

Iniciativas deste teor são especialmente importantes porque fazem com que a universidade vença as barreiras impostas por seus próprios muros – embora o conhecimento acadêmico seja muito valioso para aqueles que estão inseridos na proposta de ensino superior, há muito para se aprender com a vida que segue seu curso ao lado de fora. O projeto Rondon Minas Resíduos, neste contexto, surge como uma excelente de maneira de produzir conteúdos, discutir estratégias de ação e criar meios para transformar socialmente não apenas uma área de atuação profissional, mas todo um grupo humano. Quando falamos sobre sustentabilidade, afinal, estamos falando sobre modificações estruturais que podem promover melhorias significativas para a saúde pública e para a vida em sociedade.

Para que esta empreitada ousada tivesse bons resultados, foram realizados encontros de capacitação do corpo discente da Universidade, o qual foi preparado para atuar em oficinas de formação profissional e humana, incentivo ao turismo, geração de renda, inclusão social, problemas ambientes, entre outras possibilidades.

O núcleo técnico responsável pelo treinamento da turma de estudantes – compostas por graduandos de áreas como engenharia ambiental, turismo, direito, geografia e arquitetura – contou com a participação de Francisco Pinto da Fonseca, gerente de Resíduos Sólidos Urbanos e representante da Fundação Estadual do Meio Ambiente (FEAM), com as palestras da engenheira Fabiana Santos e também com a minha participação. Pude lecionar, durante este evento, para duas capacitações distintas, e falei acerca dos significados por trás do conceito de resíduos, do impacto da produção descontrolada de lixo e também sobre as diferentes formas de se trabalhar a questão.

Lais Vieira Silva, discente de Arquitetura e Urbanismo na época da primeira edição do Projeto Rondon Minas Resíduos, cunhou um extenso artigo sobre as suas percepções e sobre toda a trajetória feita coletivamente durante esta incrível iniciativa. Neste artigo, o qual foi publicado na Revista de Extensão de Universidade de Cruz Alta, tive a honra de ser citado: “O Professor Hiram Jackson Ferreira Sartori, engenheiro com especialização em gestão de resíduos sólidos, […] discorreu sobre os significados que o resíduo tem hoje na sociedade e os diversos meios que há para encarar-se o problema” (2011, pg. 6). Sigo, anos depois, ainda na busca por disseminar conhecimentos acerca da questão – e ansioso pela possibilidade de promover mudanças estruturais significativas em todo o nosso território.

Para consultar o artigo em questão, verifique: CATAVENTOS ISSN: 2176-4867 – ANO 3, N. 01, 2011. Projeto Rondon Minas: Resíduos de uma experiência em Bonfinópolis de Minas. Lais Vieira Silva.

Hiram Sartori

Hiram Sartori é Doutor em Engenharia Civil, área de Hidráulica e Saneamento, e ênfase em Resíduos Sólidos, pelo Departamento de Hidráulica e Saneamento da USP(1998), Mestre em Saneamento, Meio Ambiente e Recursos Hídricos pela Universidade Federal de Minas Gerais (1995), Graduado em Engenharia Civil pela Escola de Engenharia da UFMG (1984). Tem experiência em Engenharia Civil, atuando com ênfase em Saneamento e Meio Ambiente, principalmente nas áreas de gestão e gerenciamento de resíduos sólidos, capacitação e treinamento em gerenciamento de resíduos sólidos, administração universitária.

Você pode gostar...

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: